Breve Cronologia do “Planeta Chupão”

MC16032014Volta e meia, o tema “Planeta Chupão” reaparece em blogs e listas de discussão na Internet. Resolvi, então, criar uma breve cronologia sobre o dito cujo. Seja você um crente ou cético, creio que vale a pena conhecer a origem dessa história.

Sec XIX: Irregularidades observadas no movimento de Urano e Netuno foram atribuídas por astrônomos a outro planeta, mais exterior.

1956. O médium brasileiro Hercílio Maes (1913-1993) publica a obra Mensagens do Astral onde o autor espiritual Ramatis prediz a passagem do “Astro Higienizador” no sistema solar, até o final do século XX. A passagem desse astro próximo da Terra provocaria a elevação do seu eixo de rotação e sugaria, literalmente, todas as consciências extrafísicas assediadoras existentes em nosso planeta.

1956. Hercílio Maes é duramente criticado pelo seu livro e Chico Xavier vem em seu socorro defendendo o autor de Mensagens do Astral em uma entrevista onde teria chamado o “Astro Higienizador” de “Planeta Chupão”.

1957. O esoterista brasileiro Aladino Félix (1920 – 1985) publica o livro Contato com os Discos Voadores sob o pseudônimo Dino Kraspedon. No livro relata como, em 1953, extraterrestres lhe avisaram que dentro de 15 anos um planeta penetraria no sistema solar, provocando a elevação do eixo de rotação da Terra e, com isso, catástrofes indescritíveis.

1968. O prazo dado por Dino Kraspedon vence. Nada acontece.

1976: Zecharia Sitchin (1920-2010) publica o livro O 12º Planeta, baseado em sua própria interpretação de antigos textos sumérios. No livro, descreve o que seria o planeta Nibiru. Para os apocalípticos, Nibiru é o Chupão.

1977. Um sistema binário denominado SS-433 é catalogado na constelação de Aquila. Junto com o objeto “companheiro” W50, o sistema é 35 vezes maior do que a Terra. Astrônomos identificam um estranho comportamento no W50 que parecia ora se afastar, ora se aproximar da Terra. Apocalípticos anunciam o SS-433 como sendo o Chupão que se aproxima, mas se esquecem de mencionar que ele está 18.000 anos distante da Terra.

Década de 1980: Astrônomos ainda discutem a existência de um grande planeta além da órbita de Netuno. A imprensa chama-o de “10º Planeta” ou “Planeta X”. Para os apocalípticos esse planeta é o Chupão que se aproxima.

Agosto de 1989: A Voyager 2 mede a massa de Netuno com precisão. Astrônomos constatam a luz desses dados, que não existem, de fato, irregularidades nas órbitas de Urano e Netuno. Desaparece a necessidade de um “Planeta X”.

1998: O colombiano Joaquín Amortegui Valbuena publica o livro  Hercolubus ou Planeta Vermelho onde descreve a passagem do Chupão pelas proximidades da Terra.

Julho de 1999: Chega o dia em que Nostradamus previu que “Do céu virá grande Rei do Terror”. Para os apocalípticos, deve ser a passagem do Chupão. Nada acontece.

2000: O século XX termina sem que o “Astro Higienizador” de Ramatis apareça.

2012. Chega ao fim o calendário Maia, última esperança para o mundo acabar e do Chupão passar. Nada acontece.

2013: Místicos dão início a tentativas frustradas de criar uma nova data para o fim do mundo e, quem sabe, para a passagem do Chupão.

Para Saber Mais

Experiências Fora do Corpo – Fundamentos

Experiências Fora do Corpo – O Guia do Iniciante

Estado Vibracional

Fronteira da Consciência

1 comentário a “Breve Cronologia do “Planeta Chupão”

Deixar uma resposta